Posts Tagged ‘Dave Matthews Band

13
mar
10

Aqueles que estão devendo

Alguns bons artistas andam devendo novos trabalhos, canções inéditas, inovações, enfim. Não vou mencionar aqueles que já partiram dessa para uma melhor, até porque seria um desaforo, mas tem gente que faz tempo que encostou o burrinho numa sombra e lá ficou.

Damien Rice – Último álbum de “novas” lançado em 2006 trouxe um trabalho consistente. O clima depressivo das músicas parece ter se intensificado com o passar do tempo. Além disso, fez uns bons shows quando esteve no Brasil, no início de 2009. Mas parou aí. Já tá na hora de acordar e compôr de novo.

Chico Buarque – Olha, não sei dizer quando foi a última vez em que fez um disco de inéditas, que nem nos bons tempos de ditadura militar (“bons tempos” não foi direcionado ao regime, e sim à inspiração do compositor). Ele que é disparado um dos melhores letristas brasileiros parece que perdeu o jeito com o fim da ebulição política brasileira das décadas de 60 a 80.

Los Hermanos e Foo Fighters – Resolvi colocá-los no mesmo parágrafo porque o chamado “chove e não molha” não engana mais ninguém. Ou as bandas terminaram de vez, ou ainda estão juntos. Esse papo de hiato para um possível retorno dentro de alguns anos não cola mais. Ambos estão devendo.

The Strokes – Faz uns bons anos que tenho ouvido histórias do tipo “eles já terminaram de compôr, agora vão começar a gravar. Pois é. Gravações bem longas. Mas vale uma menção honrosa para Fab Moretti e Julian Casablancas que desenvolveram bons projetos paralelos nesse período de vacas magras. Último álbum foi o First Impressions of Earth, também de 2006.

Menções honrosas: Dave Matthews Band, que ficou um bom período lançando apenas álbuns ao vivo (aliás, excelentes discos, mas enfim). Ben Harper, que mantém uma boa regularidade e a cada trabalho se supera e vai além. E, por fim, John Mayer. Há pouquíssimo tempo voltou a produzir um disco de inéditas. Devo confessar que ainda não o ouvi, mas assim que o fizer, venho postar as impressões.

14
jun
09

Balanço 2009 / 1º Semestre

resenhafilipeuw1Os primeiros seis meses do ano de 2009 foram intensos em diversos aspectos. No cenário mundial, tivemos um pequeno surto de gripe suína e a queda misteriosa de um airbus de uma companhia estrangeira. Na economia,  mais desdobramentos da crise financeira global. No esporte, Barcelona campeão da Champions League, e o Rubens Barrichelo que ainda não ganhou nenhuma corrida, mesmo tendo melhor carro da Fórmula 1.

Mas, no âmbito musical, salve algumas decepções, as notícias foram muito boas. Vamos listar aqui, os destaques deste primeiro semestre em uma curta seleção organizada pelo RRT (clique na capa do álbum para ouvi-lo):

ben harperBen Harper and Relentless 7 – White Lies and For Dark Times

Em uma sábia decisão, Ben Harper se uniu novamente à banda Relentless7 composta por Jason Mozersky (guitarra), Jesse Ingulls (baixo e teclado), e Jordan Richardson (bateria). Eles já haviam tocado juntos da faixa Serve Your Soul, do cd Both Sides Of The Gun. Harper mostrou mais uma vez a capacidade de produzir coisas diferentes – e o mais importante de tudo – com qualidade. Seu tino para a música parece estar cada vez mais apurado e este último disco é mais uma prova disso.

bob dylanBob Dylan – Together Through Life

A idade chegou e isso é visível no mais recente trabalho de Bob Dylan. Para muitos, essa frase pode assumir uma conotação negativa; o que nesse caso não se aplica. No auge dos seus 68 anos, ele canta com uma voz arrastada e rouca, mas sempre em perfeita harmonia com as canções. Together Through Life é uma viagem ao passado a qual Dylan revisita o início de sua carreira ao mesmo tempo em que mostra toda a evolução que um músico de seu calibre pode atingir com quase meio século de estrada.

dave matthews bandDave Matthews Band – Big Whiskey And The Groogrux King

Desde o nome, o novo disco da Dave Matthews Band é uma homenagem ao saxofonista LeRoi Moore, morto em um acidente no ano passado. Tanto que a primeira faixa do álbum é um melancólico solo de sax. Quanto à banda, não há muito o que dizer: eles continuam em perfeita sintonia e mesmo após um longo período sem canções inéditas, mostram a que vieram e fazem um som que transcende a rotina e quebra o vício dos nossos ouvidos já saturados da mesmice tão aclamada pela indústria fonográfica.

john fruscianteJohn Frusciante – The Empyrean

Em seu projeto solo, o guitarrista do Red Hot Chilli Peppers voltou a acertar a mão com este trabalho. John Frusciante retorna ao princípio que marcou essa sua fase: o experimentalismo. Nada mal para alguém que viu a morte de perto e deu a volta por cima. É um excelente disco conceitual e merece ser ouvido com cuidado, pois sua digestão não das mais simples. Segundo Frusciante, “é um álbum para ser tocado o mais alto o possível e em quartos escuros”.

u2U2 – No Line On The Horizon

O U2 parece não ter mudado muito o estilo com o qual foi consagrado durante décadas de pop/rock. Claro que, com o passar dos anos, novos elementos foram incorporados, mas a fórmula não muda. Afinal de contas, dá certo. Contudo, este disco tem um tom mais experimental, apesar continuar pop. O trabalho ganhou essa roupagem após o período em que a banda passou em Marrocos e no Oriente Médio. O U2 iniciou as gravações em 2006 e compôs mais de 50 músicas para no fim selecionar apenas 11.

04
jun
09

Enfim, Dave Matthews Band lança novo disco

notciafilipesy2

dmbuntitledPois é.  Finalmente, após anos de espera e algumas músicas disponibilizadas na internet, foi lançado nos Estados Unidos o disco Big Whiskey And The Groogrux King. O cd será comercializado de três formas diferentes para atender a todos os bolsos e ao fanatismo de cada um. Tem a versão simples com as 13 faixas do álbum. Uma versão “deluxe”, que vem com um dvd contendo material bônus. E, por fim, o “super-deluxe” que, além do cd e do dvd, o freguês ainda leva quatro canções extras, um livro de fotos de 40 páginas, 14 litografias do Dave Matthews e um tributo de 24 páginas a LeRoi Moore, o saxofonista da banda morto em 2008. E TEM MAIS (momento Polishop): Se você comprar pelo site do grupo, cada CD vem ainda com um disco ao vivo adicional. Estratégias para venda de discos em tempos de vacas magras. A banda havia disponibilizado em seu MySpace a faixa Funny The Way It Is. A Dave Matthews Band lança todos os anos uma série de gravações ao vivo. Este novo álbum vem após um longo período sem material inédito produzido em estúdio, porém, como o RRT comprovou, ele faz jus à espera.

18
abr
09

Dave Matthews Band disponibiliza novo single na web

notciafilipesy2

A mais recente música de trabalho da Dave Matthews Band já encontra-se disponível no MySpace da banda. Funny The Way It Is é o nome do single do álbum intitulado “Big Whiskey and the Groogrux King”, que, inclusive, já possui data de lançamento: dia 2 de junho. Trata-se de uma homenagem ao ex-saxofonista e fundador da DMB, LeRoi Moore, falecido no ano passado vítima de um acidente envolvendo um quadriciclo – Moore era carinhosamente chamado de Groogrux pelos integrantes do conjunto. Segue o promo:

O novo disco de estúdio é um dos mais aguardados deste ano, uma vez que a banda liderada pelo sul-africano Dave Matthews não lança material inédito desde “Stand Up”, de 2005. A pré-venda do álbum já está disponível no site da Amazon. Ao que consta, também será lançada uma edição especial contendo um cd com bônus de shows e making of do cd. Também foi postado no site oficial as datas e locais da próxima turnê pelos Estados Unidos e alguns países europeus.

Capa do novo "Big Whiskey and the Groogrux King"

Capa do novo "Big Whiskey and the Groogrux King"

A Dave Matthews Band parece ter aceitado e amadurecido a perda de Moore e isso se reflete na letra e na levada da nova canção. Com quebras de ritmo fora de série e extremamente criativas, o baterista Carter Beauford se supera a cada álbum e já mostrou que é – sem sombra de dúvidas – um dos melhores e mais completos músicos da atualidade nas baquetas.

O conjunto esteve no Brasil tocando no festival About Us no ano passado após um longo período sem dar as caras pela América Latina. Na ocasião, o californiano Ben Harper esteve presente e tocou o clássico da All Along The Watchtower, do mestre Bob Dylan, junto com a banda que contou com Jeff Coffin, da Bella Fleck and the Flecktones, no saxofone e o já velho de guerra Tim Reynolds, na guitarra.