Posts Tagged ‘Beatles

06
jul
09

Dica de Segunda – Status Quo

sugestesbrunohx6

Contemporâneos dos Beatles, banda estourou no final da década de 60

Contemporâneos dos Beatles, banda estourou no final da década de 60

O Status Quo surgiu numa época de ouro, junto com a banda que se tornaria a maior de todos os tempos, os Beatles. Foi em 1962 que se juntaram o guitarrista e vocalista Francisco Rossi, o baixista Alan Lancaster, o também guitarrista e vocalista Rick Parfitt e o baterista John Coghlan. A grosso modo, podemos dizer que eles fazem um hard rock simples, sem muitas pirotecnias ou floreios demasiados; no entanto, para os amantes da boa e velha música clássica, o Status Quo é uma ótima pedida… Do quarteto inicial, apenas dois continuam na ativa – Francisco Rossi e Rick Parfitt. Completam o grupo: John Edwards (Baixo e Vocal – desde 1985), Andy Bown (Teclado, Guitarra Rítmica e Vocal – desde 1973) e Matt Letley (Bateria – desde 2000).

Entre os destaques, ‘Dirty Water’ é uma das minhas preferidas

Aqui mais alguns dos clássicos do Status Quo

PLAY

Acompanhe as principais novidades do rock’n roll train também no twitter. Siga!

Anúncios
03
jun
09

Starr junto com Dylan e McCartney?

noticiabrunofa9

Agora vai! Outro ex-beatle declarou interesse em parceria; rockeiros agradecem!

Agora vai! Outro ex-beatle declarou interesse em parceria; rockeiros agradecem!

Há alguns dias atrás, o Rock and Roll Train afirmou que os antigos rumores da possível parceria entre Paul McCartney e Bob Dylan poderiam se tornar realidade. A notícia, vindo do tablóide britânico Daily Express, ganhou novos rumos, e a bola da vez é o também ex-beatle Ringo Starr.

Segundo o mesmo periódico, o baterista teria ficado empolgado com o projeto e teria grande interesse em se juntar à dupla. De acordo com fontes iniciais, o local do encontro permaneceria o mesmo, o estado da Califórnia, nos Estados Unidos, onde Dylan, Ringo e McCartney possuem residências. Aos fanáticos por rock and roll, parece que esse projeto vem melhorando cada vez mais; quem será o próximo a se juntar ao agora trio? Vamos torcer para que a parceria realmente se concretize.

Veja a notícia completa em inglês

27
maio
09

Ícones do rock podem trabalhar em parceria

noticiabrunofa9

Grande figura do rock,  Dylan e Paul podem formar uma parceria inesquecível

Grandes figuras do rock, Dylan (foto) e Paul podem formar uma parceria inesquecível

Para os amantes do bom e principalmente velho rock n’ roll, uma notícia pra lá de excelente. De acordo com o tablóide britânico Daily Express, duas lendas do rock podem atuar juntas; trata-se de Bob Dylan e do ex-beatle Paul McCartney. O boato sobre o possível dueto circula pelo mundo da música já há algum tempo, mas ganhou novos contornos apenas nos últimos dias.

Há algumas semanas atrás, Dylan confessou desejo de tocar com o baixista. Após o ocorrido, pessoas influentes nos bastidores trabalharam para fazer o rumor virar realidade; agora, notícias indicam que a dupla poderá concretizar a parceria já no próximo semestre. Ainda segundo o tablóide, o fato de ambos morarem muito perto um do outro (no estado norte-americano da Califórnia), pode facilitar o negócio.

O assessor do ex-beatle afirmou que McCartney estaria muito interessado na parceria: “Ter os dois trabalhando juntos por qualquer período de tempo é bem difícil, muito por problemas no calendário e tudo mais, mas ambos querem tocar juntos”, disse, “O resultado final seria fascinante de ouvir”, completou. O assessor ainda comentou sobre o possível local do encontro: “Obviamente eles devem querer trabalhar em privacidade, sendo assim, aposto que o melhor lugar seria a casa de algum deles”, finalizou.

Sons recomendados para todos!

untitled

24
maio
09

trilha sonora das estradas

sugestesbrunohx6

Nada como uma bela música para embalar as longas horas de viagem

Nada como uma bela música para embalar as longas horas de viagem

Viajar, no sentido literal da palavra, é algo que é visto com bons olhos por grande parte das pessoas. Se pensarmos pelo lado saudável da coisa, também serve como refúgio para refrescar a mente do stress que passamos diariamente na correria da cidade grande.

Para os mais acalorados e efusivos, nada como uma bela tarde de sol na praia, embalada por uma boa cervejinha e papo descontraído com os amigos. Aos mais sossegados, que detestam calor e sentem nojo só de pensar naquela areia irritante grudando por todo o corpo, uma viajem ao campo ou a algum sítio afastado é sempre uma boa pedida, afinal, nada como passar um final de semana naquele friozinho ensolarado e gostoso de algumas cidades mais afastadas da muvuca dos grandes centros.

Tudo muito bom, tudo muito bem. No entanto, algo que sempre passa em branco na hora da viagem é pensar em pegar alguns CD’s que embalem o longo caminho pelas irregulares estradas brasileiras. Pensando nisso, o Rock n’ Roll Train faz uma pequena coletânia de sons altamente recomendados e que combinam perfeitamente com as paisagens que encontramos país afora. Boa viagem, no sentido literal ou figurado, caro leitor.

untitled

10
maio
09

O Dia das Mães

Neste domingo, filhos mais velhos param de dar beliscões nos irmãos mais novos, enquanto os mais novos deixam de lado o hábito de dedurar o primogênito, só para prestigiar quem lhe deu a vida. Aquela moça bonita que, conforme você foi crescendo, virou ‘senhora de respeito’, que te envergonhou na frente de várias pretendendes, mas segurou a sua mão quando você precisou. Para a surpresa de todos, o dia das mães não nasceu em uma conspiração das coorporações capitalistas, loucas para alimentar o consumo nos pobres seres humanos. A comemoração tem origem nos Estados Unidos, no início do século XX, quando uma jovem chamada Anna Jarvis, deprimida pela morte recente de sua mãe, deu início a um movimento que instituía uma data em que todos os filhos prestigiariam suas mães, vivas ou mortas. A homenagem foi decretada oficial depois de certa resistência, primeiro nos EUA, e em seguida no mundo, sendo comemorada em diferentes dias do calendário conforme o país.

Prefiro não catalogar as mães com padrões de presentes divididos conforme seu signo, como fez a astróloga Eunice Ferrari, do Portal Terra: para ela, a mãe de sagitário não manifesta amor e merece uma viagem a Katmandu – região no Nepal – enquanto para a mãe de áries, de temperamento forte, um bom presente seria uma espada de samurai (!?). Mas, sob o aspecto musical deste dia família, podemos destacar canções que embalaram feito trilha sonora os anos dourados de nossas progenitoras, e que seriam ótimos presentes para uma mulher que sempre gritou para você ‘abaixar esta porcaria que nem parece música’ – deixemos as porradas do rock de lado, para não ter erro.

Entrando no clima da catedral Anglicana de Liverpool, que resolveu ignorar o cunho antirreligioso das músicas dos Beatles e concordou em badalar seus sinos no ritmo de Imagine, um CD da banda “mais popular que Jesus Cristo” é uma boa pedida para aquela mãe emotiva, que chora até hoje nos especiais da TV que relembram o assassinato do vocalista John Lennon. Existem diversas coletâneas que reúnem os clássicos Let it be, Help!, Hey Jude – na qual dá para ouvir nitidamente alguém falando ‘pega o cavaquinho’… Vale até a biografia de mais de mil páginas sobre a banda, fruto de uma década de pesquisa e relatos reunidos por Bob Spitz.

Para a mãe bicho-grilo, paz e amor, de cabelão, vá a um brechó e combine algum acessório bastante colorido com o álbum manifesto do movimento tropicalista, chamado Tropicália – ou Panis at Circenses. O disco foi eleito pela revista Rolling Stone do Brasil como o segundo melhor álbum brasileiro de todos os tempos, e reúne sucessos da época de revolução cultural nas vozes de Gal Costa, Os Mutantes, Nara Leão, Tom Zé… Além de Caetano Veloso e o querido ministro Gilberto Gil, que encabeçaram sua produção.

Para a mãe romântica, Elis Regina em “Romaria”, Vinícius de Moraes com sua poesia intercalada em “Pra viver um grande amor”, o vozerão de Tim Maia em Gostava tanto de você”. Para a mãe clássica, a famosíssima “Nocturne” de Chopin, a última melodia composta em vida por Mozart, intitulada “Lacrimosa”, e a melancólica “Moonlight Sonata”, de Bethoven. Para a mãe moderna, talvez um I pod de última geração com as músicas do último CD de Bob Dylan, Together trough life, que levou o cantor ao topo das paradas após anos de distância. Ou o jazz delicioso da jovem Regina Spektor, misturando-se aos frutos da união entre Amarante e o baterista dos Strokes, que formou a banda Little Joy – ah, a tecnologia facilitadora das miscelâneas musicais!

Ouça tudo aqui:playlist

De qualquer forma, o que importa é a intenção: homenageá-las, sejam elas do rock, do pagode, do pop ou sertanejo, mas o mais importante – todas são maravilhosas MÃES!

E fica um belo videozinho:

09
mar
09

Simpsons também é música

resenhafilipeuw1

A aclamada série animada de televisão “The Simpsons” prima pelas piadas factuais e a presença de celebridades para se manter no topo da parada dos desenhos mais assistidos do mundo. Não é à toa: a 20ª temporada é transmitida no Brasil pela Fox com episódios inéditos aos domingos. E para fazer parte deste seleto grupo de artistas “cartunisados” pelo criador Matt Groening é preciso saber fazer música. O primeiro a estrear nas telinhas foi o cantor norte-americano Tony Bennett.

Green Day teve participação de gala no filme da série

Green Day teve participação de gala no filme da série

A mais recente aparição de destaque foram os punks do Green Day, que participaram do filme da franquia. Na ocasião, o grupo dedilha a própria versão da canção tema do seriado.

Também não poderiam passar em branco os Beatles Ringo Starr, George Harrison e Paul McCartney; cada um deles com aparições distintas. O primeiro a “vestir a pele amarela” foi o baterista britânico logo na segunda temporada. Na ocasião, Ringo aparece respondendo cartas de fãs, mas não tem nenhuma fala expressiva. O mesmo não pode se dizer de Harrison, que apesar da curta presença, desdenha da banda formada por Homer que toca no telhado do Bar do Moe ao soltar a simples frase: “Isso já foi feito antes…”. Por fim, Paul McCartney aparece na 7ª temporada (1999) ao lado de sua então esposa, Linda, no episódio em que Lisa Simpson decide se tornar vegetariana.

Elvis Costello, Tom Petty, Keith Richards, Homer Simpson, Mick Jagger, Lenny Kravitz e Brian Setzer

Elvis Costello, Tom Petty, Keith Richards, Homer Simpson, Mick Jagger, Lenny Kravitz e Brian Setzer

Em um dos dez melhores episódios de todos os tempos – eleitos pelo público – “How I spent my strummer vacation”, da 14ª temporada, Homer toma lições de como se tornar um rockeiro de verdade com ninguém mais e ninguém menos que os Rolling Stones. Também trabalham como funcionários da colônia de férias de Mick Jagger e Keith Richards os músicos Lenny Kravitz, Elvis Costello, Tom Petty e Brian Setzer ministrando aulas de como fugir de paparazzis e compor canções melosas. Um verdadeiro clássico.

Outras personalidades marcaram presença na série como o grupo pré-emo Blink-182, os precursores do indie rock Sonic Youth, os Smashing Pumpkins, os punks do Ramones, os irlandeses do U2, além do Aerosmith, o primeiro conjunto a aparecer por completo nos Simpsons.




agosto 2018
D S T Q Q S S
« mar    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Visitas

  • 116.741 rock'n roll fans
Anúncios